Quem sou / About me

Juan Soler Cózar é cineasta e fotografo.

Com sede no Rio de Janeiro, Brasil, trabalha principalmente em fotografia documental, abordando temas culturais. Estudou cinema e fotografia e em 1973 iniciou sua carreira profissional. Viajante incansável viveu em vários países. Trabalhou como Fotógrafo, Diretor de Fotografia em longa-metragem para produtores europeus, e como Diretor e cinegrafista, realizou inúmeros filmes documentários e séries de televisão. Trabalhou para a ZDF, televisão alemã, cobrindo, como cinegrafista, da sua filial em Caracas, eventos políticos em cerca de 15 países da América do Sul e Central e do Caribe. Em 2009 retornou exclusivamente à fotografia fixa. Publicou os livros de fotografia “Paraíba Potiguara” e “Paraíba Tabajara”, sobre o cotidiano, festivais e rituais de povos indígenas da Paraíba, Brasil. Apresentou cerca de 70 fotografias sobre este tema na exposição ‘Séculos Indígenas do Brasil’, em João Pessoa, Brasil (2014). Suas obras fotográficas incluem temas indígenas, “Maracatu”, manifestação folclórica e cultural pernambucana, trabalhos autorais e, recentemente, um estudo sobre religiões afro-brasileiras. Uma série deste trabalho foi exibida digitalmente em 2017, em dois dos mais importantes Festivais de Fotografia no Brasil, ‘Foto em Pauta’ e ‘Paraty em Foco’.

Filmmaker and Photographer. Based in Rio de Janeiro, Brazil, he works mainly in documentary photography, addressing cultural themes. Studied film and photography and  in 1973  began his professional career. Tireless traveler lived in several countries. He worked as a Photographer, Director of Photography in feature films for european producers, and as a Director and cameramen, has held numerous documentary films and television series. Worked for ZDF, German television, covering, as a cameraman, from its branch office in Caracas, political events in about 15 countries in South and Central America and Caribbean. In 2009 returned exclusively to still photography. Published the photography books “Paraíba Potiguara” and “Paraíba Tabajara” on the quotidian, festivals and rituals of indigenous  peoples from Paraíba, Brazil. Displayed about 70 photographs on this theme in the exhibition ‘Indigenous Centuries of Brazil’, in João Pessoa, Brazil (2014). His photographic works includes indigenous themes, ‘Maracatu’, a folkloric and cultural manifestation of Pernambuco, authorial work and, recently, a study on Afro-Brazilian religions. A series of this work was digitally exhibited in 2017, at two of the most important Photography Festivals in Brazil,  ‘Foto em Pauta’, and  ‘Paraty em Foco’. 

  

 foto Angel Ordiales