Casa de Oxum e Oxossí

O  Candomblé,  foi trazido para o Brasil pelos negros de diversas tribos e nações africanas que desembarcaram como escravos e que continuaram a cultuar aqui suas divindades; já a Umbanda foi criada no Brasil, sendo uma fusão de elementos africanos e indígenas, catolicismo e espiritismo.
Neste terreiro, a Casa de Oxum e Oxóssi, se praticam ambos os cultos, que embora distintos são unidos pela mesma forma de vibração energética, pelos atabaques e pelo transe mediúnico. Por serem os dois espiritualistas, a ligação entre os encarnados e os desencarnados se faz por meio de médiuns que emprestam seus corpos para receber os guias e Orixás.
Seus filhos, que transmitem a vibração da espiritualidade por via dos atabaques, criam um campo energético favorável à atração de determinados espíritos, sendo muitas vezes responsáveis pela harmonia dos cultos do Candomblé e da Umbanda.